Os primórdios da arquitetura

Quando se fala de arquitetura, é impossível não falar de arte, visto que as histórias de ambas sempre estiveram diretamente ligadas através do tempo. As primeiras manifestações arquitetônicas apareceram logo na Pré-História, mas ainda não era possível chamar os “construtores” desses “projetos” de arquitetos. Nessa época, o homem começa a dominar as técnicas de se trabalhar com a pedra.

Um marco da arquitetura neolítica é o famoso Stonehenge, localizado onde hoje é a Inglaterra. Ele nada mais foi do que um abrigo (para os homens daquela era). Desde os primeiros blocos de pedra aos tijolos de barro seco até o concreto armado, que hoje conhecemos; das mais primitivas edificações até enormes edifícios, das tumbas sagradas de grandes faraós até as imensas catedrais da Europa. Assim a arquitetura vem contando a história do mundo, em traços, cores e texturas.

Conforme as comunidades cresciam, as ameaças de guerra aumentavam junto. Foi dessa forma que a arquitetura começou a ser essencial: para desenvolver abrigos militares. Num mundo de guerras e crenças, toda forma de arte da época refletia-se no período vivido. E foi então que os que chamamos hoje de arquitetos foram ter reconhecimento, eram vistos como sacerdotes, pois as construções eram acompanhadas de rituais sagrados, que representavam o contato do ser humano com o divino.

As arquiteturas mais reconhecidas e marcantes no período pré Idade Média, são: a egípcia, a assíria, a babilônica, a etrusca, a minoica, a micênica, a persa e a suméria. Durante a chamada “Idade das Trevas” foram surgindo os estilos medievais, dentre eles: a arquitetura paleocristã, visigótica, moçárabe, bizantina, mourisca, românica e gótica. E por aí vai. Inúmeros estilos arquitetônicos que foram surgindo e crescendo junto à humanidade.

Como tudo começou em Curitiba

Muitas construções desse século buscam inspirações nos antepassados.  No estado do Paraná, uma cidade chama a atenção por sua arquitetura moderna e funcional. A arquitetura em Curitiba conta com uma variedade surpreendente de estilos, antigos e modernos que trazem vida e enriquecem a paisagem da cidade e a tornam uma referência no mercado arquitetônico do Brasil.

O que vemos em Curitiba é reflexo dos inúmeros imigrantes de diferentes nacionalidades que aqui viveram, principalmente europeus, em maior parte, ucranianos, poloneses e alemães. São edificações com arquitetura eclética, desde a bizantina, passando pela oriental, colonial, neoclássica até a moderna.

Seu denominado Centro Histórico revela, por meio de construções antigas, ruas estreitas e calçadas de paralelepípedos, uma cidade cheia de cultura e história. Esta que teve início no século XVIII.  O nosso querido Largo da Ordem é o marco do início da povoação da cidade, onde em 1693 foi oficialmente fundada a Vila de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais.

No século XIX, após se tornar independente da Comarca de São Paulo, os movimentos migratórios par ao Paraná começaram a aumentar, trazendo italianos, alemães, ucranianos e poloneses para a região. Povos que tem influência direta na cultura curitibana. Em várias ruas do Centro Histórico é possível notar projetos de arquitetura desses povos.

A arquitetura na Curitiba de hoje

O resultado que vemos na atualidade no centro da cidade é fruto do constante cuidado e projetos de revitalização para tombamento desses prédios históricos. Hoje, muitos dessas construções passaram por reforma comercial e reforma residencial, para que pudesse se tornar espaços de convivência como bares, lojas, teatros, moradias, entre outros.

A cidade sempre cresceu com planejamento urbano, trabalho conjunto de todos que passaram pela prefeitura junto a grandes arquitetos. Com prédios modernos e pontos de ônibus que são cartão postal da cidade, podemos afirmar que há grandes escritórios de arquitetura em Curitiba, como a Verde Arquitetura.

Inovação em arquitetura

O conceito de arquitetura é muito amplo. Ela é um tipo de arte que concretiza sonhos e ideias. Por isso dizemos que ela vai além do óbvio e desafia os padrões. Dentro do projeto de arquitetura temos também o projeto de interiores, que é uma área do mercado que cresce cada vez mais.

arquitetura curitiba

Portanto, o arquiteto deve ser um profissional ligado 24 horas por dia nas mudanças, nas tendências e inovações que surgem pelo mundo arquitetônico.

Nosso compromisso, dentro da Verde Arquitetura, é exatamente esse: a promessa de profissionais atualizados, atentos e cheios de ideias fresquinhas para colocar o seu sonho em prática! Temos a consciência de que nosso ramo é extremamente exigente e perfeccionista, e por esse motivo, nós também somos.

Os serviços que oferecemos vão desde a realização de obras até a parte comercial e administrativa, são eles: projeto arquitetônico residencial e comercial, projeto de reforma, arquitetura de interiores, consultoria e administração e acompanhamento de obras.

Com 5 anos de prática, continuamos pesquisando novas referências e técnicas para melhorar ainda mais o nosso trabalho. Somos a mistura perfeita de experiência e dedicação, por isso, se você procura arquitetos em Curitiba, conheça o trabalho da Verde Arquitetura e Interiores.